terça-feira, 2 de outubro de 2018

#48 Koldbrann Parte 1 - Rebeldes

Título: Koldbrann Paarte 1: Rebeldes
Autor: Ana Cláudia Dâmaso
Editor: Chiado Editora
Nº de Páginas: 460
PVP: 17€

Sinopse: "Num mundo apocalíptico, a população saudável vive em cidades-bunker, chamadas de fortalezas, que os protegem dos perigos do mundo exterior, onde é melhor morrer, que deixar de ter o sangue vermelho. A limitação da liberdade alheia cria estruturas sociais muito restritas que todos são obrigados a cumprir. Esta é a história de Diana Salvatore, uma jovem que se revolta contra o destino que lhe foi imposto."










A Minha Opinião:

Muito antes de ter lido este primeiro livro da saga Koldbrann já tinha lido críticas excelentes acerca da coleção e assim que a autora me propôs parceria aceitei de imediato. Tal como esperava o livro superou, e muito, as minhas expectativas.

Diana Salvatore é uma rapariga que foi salva pela mãe adotiva de Kolds, designação dada a dependentes de uma droga chamada Koldbrann que, conforme lemos, percebemos que foi ela o motivo pela qual as populações atuais têm de viver em cidades bunker. Nestes bunkers foi criada uma lei que declarava que todas as mulheres férteis deveriam de se casar e ter, no mínimo dois filhos, e todos os homens e mulheres inférteis deveriam de cumprir serviço militar obrigatório. Diana revolta-se contra esta lei por ver retirado o seu sonho, o de ser guerreira, e acaba por ir contra tudo e todos independentemente das consequências.

A escrita da Cláudia é simplesmente incrível e ela soube como escrever um livro completamente arrebatador. É nos apresentada uma sociedade totalmente devastada por uma droga, criada de raiz pela autora e, graças à sua escrita, conseguimos imaginar perfeitamente todos os espaços do livro. Um outro ponto bastante positivo deste livro, do meu ponto de vista, é a complexidade de todas as personagens. Todos eles têm personalidades muito próprias moldadas devido às suas experiências de vida.

Outro ponto de se referir é o carácter autoritário do governo da cidade de Scallabis, semelhante ao da obra "1984", e a forma como o mesmo lida com temas atuais da nossa sociedade, como a homossexualidade por parte das mulheres, vendo-a como algo contra as leis da sociedade. Gostei também da forma como a Cláudia decidiu mostrar que estas cidades eram multi-culturais, fazendo com que os personagens fossem de diversas etnias e falassem diversas línguas.

Em suma, Koldbrann é um livro incrível e cheio de ação, que merecia mais reconhecimento, não só pela sua qualidade mas também porque é dos poucos livros de ficção científica escritos por autores portugueses. Por estes fatores é mais alguns decidi atribuir-lhe a minha pontuação máxima. Um muito obrigado à Chiado Editora que decidiu apostar nesta obra incrível e parabéns Cláudia pela incrível história que criaste e pelo teu talento para a escrita.

Classificação do livro: 10/10


domingo, 2 de setembro de 2018

SÉRIE| The Vampire Diaries: Season 1

Título: Diários do Vampiro
Título Original: The Vampire Diaries
Ano: 2009--2017
Criadores: Julie Plec, Kevin Williamson
Elenco: Ian Somerhalder, Nina Dobrev, Paul Wesley, Kat Graham, Candice King

Sinopse: "Quatro meses após o trágico acidente de carro que matou seus pais, Elena Gilbert, que tem 17 anos, e seu irmão, Jeremy, que tem 15 anos, ainda estão aprendendo a lidar com o luto e continuar suas vidas. Elena sempre foi popular, bonita, e bem relacionada, possuindo muitos amigos. Ela agora tenta esconder sua tristeza do mundo. Quando o novo ano escolar começa, Elena e suas amigas estão fascinadas pelo novo aluno do colégio, Stefan Salvatore. Um belo rapaz que pode contar histórias de muitos e muitos anos atrás e não por que leu, mas por que viveu... Sim, ele é um vampiro que luta por uma vida pacifica entre os humanos, ao contrário de seu irmão Damon que é a personificação do mal e da natureza destes seres noturnos... E ambos, estão em guerra pela alma de Elena e de todos os habitantes de Mystical Falls."


A Minha Opinião:

Quem me conhece há bastante tempo sabe que sempre fui um enorme fã de livros, filmes e séries fantásticos e sempre que dizia que nunca tinha assistido The Vampire Diaries diziam-me sempre que eu não me poderia considerar fã de fantasia por isso decidi, finalmente, ver a série.

Deixem-me que vos apresente uma das melhores personagens alguma vez criada, Elena Gilbert, bonita, de coração puro e que, juntamente com o irmão, Jeremy, acabou de perder os país num acidente de carro em Mystic Falls. Acabam por ser entregues à guarda da tia, Jenna, e pouco tempo depois voltam para a escola. É neste contexto que Elena conhece Stefan, um vampiro de 145 anos que acabou de voltar a Mystic Falls por saber que Elena é a cópia exata da sua grande paixão, Katherine. É aqui que entra Damon, irmão de Stefan, que no passado batalhou contra o irmão pelo amor de Katherine e está disposto a fazer o mesmo para merecer o amor de Elena.

Esta série é, sem dúvida, uma das melhores de fantasia que alguma vez assisti! Fiquei super viciado na trama e vi os 22 episódios da primeira temporada em dois dias. A história está incrível e os atores encaixam perfeitamente nas suas personagens prendendo, assim, o espetador à série.

As minhas personagens preferidas desta temporada foram, sem margem de dúvida, o Damon e a Jenna pois ambos têm um sarcasmo que me fez gostar imenso deles. Descobri ainda que a série é baseada numa saga de livros dos anos 90 mas que só agora ganhou impulso e foi descoberta devido ao sucesso de Crepúsculo.

Classificação da Temporada: 9,5/10



segunda-feira, 27 de agosto de 2018

#47 O Protector

Título: O Protector
Título Original: The Protector
Autor: Jodi Ellen Malpas
Editor: Planeta
Nº de Páginas: 432
PVP: 19,40€

Sinopse: "Camille Logan é uma famosa modelo, filha de uma família rica, que é alvo de ameaças anónimas. Jake Sharp é um ex-sniper do SAS, que trabalha como guarda-costas e que foi contratado pelo pai de Camille para a proteger. Toda a gente pensa que ele tirou as medidas a Camille: uma menina do papá mimada e bonita que usa a conta bancária do pai para financiar o estilo de vida que leva. Mas Camille é muito mais do que parece à primeira vista e está determinada a viver livre de amarras. Quando descobre que a sua vida está a ser ameaçada em consequência da maneira implacável como o pai gere os negócios, não tem outro remédio senão preparar-se para as medidas que ele vai tomar para a proteger. Mas nada poderia prepará-la para o ex-sniper do SAS que entra de rompante na sua existência.
Jake Sharp vive o seu inferno privado. Já uma vez se deixou distrair do seu dever e as consequências foram devastadoras, pelo que jurou nunca mais permitir que voltasse a acontecer. Ser o guarda-costas de Camille não é o género de distracção dos seus demónios que devia aceitar – as mulheres e Jake não combinam bem –, mas proteger a herdeira parece ser o menor de dois males. Jake não tarda a descobrir a verdadeira Camille. É uma jovem terna e compassiva, a sua presença apaziguadora, e o dever de protegê-la depressa vai mais longe e mais fundo do que um trabalho bem pago. Jake precisa de absolvição. Acaba por precisar de Camille. Mas sabe que não pode ter ambas."

A Minha Opinião:

"O Protector" foi o primeiro livro que li de Jodi Ellen Malpas, autora esta já bastante conhecida por parte dos leitores portugueses, e posso dizer que fiquei completamente rendido a este livro e a esta autora. 

Este livro conta-nos a história de Camille Logan, uma mulher que preza acima de tudo a sua independência mas que vê esta ser-lhe retirada quando o pai é ameaçado e, como forma de prevenção, decide contratar Jack Sharp, um segurança privado para a proteger. Em forma de protesto Camille faz a vida a Jack nos primeiros tempos mas, passando uns tempos, começam a sentir-se atraídos um pelo outro. Jack tenta ao máximo afastar-se de Camille por não conseguir lidar com os "fantasmas" do passado mas a jovem acaba por conquistá-lo e ajuda-o a resolver os assuntos pendentes do seu passado.

A autora apresenta-nos uma história fantástica, com personagens muito fortes e cenas fortes que prende o leitor da primeira à última página. Sem dúvida que a minha personagem preferida foi a Camille devido à sua força de vontade e independência pois, apesar de ter um pai rico, não quer viver às custas do mesmo e luta para ter aquilo que quer. Senti uma enorme repulsa pelo pai por este colocar a sua reputação à frente da vida da filha e pelo que este fez para que Camille fosse raptada.

Uma leitura obrigatória para os fãs de romance erótico e drama com uma pequena mistura de policial.

Classificação do Livro: 8,5/10

Uma leitura com o apoio:

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

SÉRIE| Insatiable

Título: Insatiable
Género: Comédia, Drama
Ano: 2018
Criador: Lauren Gussis
Elenco: Debby Ryan, Christopher Gorham, Alyssa Milano

Sinopse: "Um advogado insatisfeito com a sua vida acaba por se tornar num treinador de concursos de beleza. Lá, ele acompanha uma adolescente tímida, que sonha em ganhar o concurso. O advogado só não imagina que a jovem planeia vingar-se de todos os colegas que já gozaram com ela."

"Debby Ryan revela um lado sombrio, com a sua interpretação de uma adolescente vingativa nesta comédia com Alyssa Milano."







A Minha Opinião:

Insatiable conta a história de uma adolescente, Patty, ou Patty Fatty como era conhecida por ter excesso de peso, que após perder uma enorme quantidade de peso passa a ser uma das raparigas mais sociais da escola. A jovem procura vingar-se de todos aqueles que já gozaram com ela e inscreve-se num concurso de beleza para mostrar a todos a nova Patty e daquilo que esta é capaz.

Confesso que adorei a série e que esta me roubou umas boas gargalhadas. É uma comédia inteligente que mostra como é que uma jovem problemática, com problemas familiares consegue tornar-se na sua própria heroína. Para além da obesidade aborda também temas muito comuns na nossa sociedade, tais como o divórcio, a cultura LGBT+, a gravidez na adolescência, o sexo desprotegido, o afastamento dos país dos filhos e as suas consequências, entre outros...

Apesar de ter gostado de todas as personagens em geral, o meu favorito foi Bob Barnard, interpretado por Christopher Gorham, personagem esta que, para mim, teve o melhor plot twist da série mostrando realmente que as aparências enganam.

Quanto ao Season Finale, espero que se faça uma segunda temporada para que seja possível responder a todas as questões deixadas em aberto.

Por fim, acho que todos deveriam de dar uma chance à serie e espero que se riam tanto como eu com as inúmeras situações caricatas da Patty e dos restantes personagens.

Classificação da Série: 7,5/10


quarta-feira, 11 de julho de 2018

Pride Porto 2018

No passado sábado, dia 7 de julho de 2018, as ruas do Porto encheram-se de cores e de fortes vozes dos ativistas a favor dos direitos das lésbicas, gays, bissexuais, transsexuais, entre outros. Por volta das 15:30h já a Praça da República estava repleta de apoiantes da causa, já prontos para iniciar a 13º Marcha do Orgulho LGBT+ do Porto. Enquanto uns chegavam, outros esperavam, tirando fotografias com Drag Queens, amigos e outros participantes, e ainda distribuindo “abraços, beijos e high fives grátis”.


A Praça contava já com mais de 3000 ativistas quando foi dada por iniciada a marcha, por volta das 16:00h. Os apoiantes, das mais diversas idades e orientações, seguiram da Praça para a Rua de Santa Catarina, sempre ecoando gritos de incentivo à liberdade sexual (“LGBT LIBERDADE SEXUAL”), e mostrando o poder da sua comunidade (“ASSIM SE VÊ, O ORGULHO LGBT”).



A marcha, constituída por membros da comunidade LGBT+ e apoiantes da mesma, acabou por terminar duas horas depois, na Praça D. João I, onde a sua gigantesca bandeira foi pendurada nas grades, bem à vista de todo o Porto.
Após vários discursos de apoio à igualdade, de defesa dos direitos humanos e de liberdade de expressão, os ativistas acabaram por se dispersar, ansiando pela after party.

Vários jornais relataram o sucedido, no entanto ainda não foi desta que a televisão deu a devida importância ao movimento.

Sónia Érica Silva
11.07.2018



segunda-feira, 9 de julho de 2018

NOVIDADE| "Destemida"


A Saída de Emergência publica a 13 de julho um livro que vai marcar todos os leitores que gostam da época romana, mas desta vez a novidade é termos uma mulher gladiadora como protagonista da história.

Destemida conta a história de Fallon, a filha mais nova de um orgulhoso rei celta e sempre viveu na sombra da lendária reputação da guerreira Sorcha, a sua irmã mais velha, que morreu em combate quando os exércitos de Júlio César invadiram a ilha da Bretanha.


Na véspera do seu 17.º aniversário, Fallon está ansiosa por seguir os passos da irmã e conquistar o seu legítimo lugar entre os guerreiros reais. Mas ela nunca terá essa oportunidade, já que é capturada e vendida a uma escola de elite que treina mulheres gladiadoras —e cujo patrono é o próprio Júlio César. Numa cruel reviravolta do destino, o homem que destruiu a família da jovem poderá ser a sua única hipótese de sobrevivência. Agora, Fallon terá de ultrapassar rivalidades perversas e combates mortais — dentro e fora da arena. E talvez a maior ameaça de todas: os seus sentimentos proibidos, porém irresistíveis, por Cai, um jovem soldado romano.

domingo, 8 de julho de 2018

#46 S.D.S. Sexo, Drogas e Selfies

Título: S.D.S - Sexo, Drogas e Selfies
Autor: Francisco Salgueiro
Editor: Oficina do Livro 
PVP: 15,90€
Nº de Páginas: 254

Sinopse: " O diário de uma geração em que o risco é levado ao limite.

Joana perdeu a virgindade aos doze anos e é uma das raparigas mais populares do colégio.

Ela e as amigas, aparentemente perfeitas para os pais, escondem um dia-a-dia de sexo com estranhos, sem preservativo, e muitas drogas. Noites levadas ao limite para contornarem o aborrecimento de um quotidiano em que estão sempre agarradas ao telemóvel. 

É o retrato de uma geração que não vive o momento, porque cada instante só lhe parece real se for registado pela câmara de um telemóvel. É a geração que depende das selfies e dos likes. 

Em pouco tempo, a vida da Joana e das amigas toma um rumo inesperado, e entra numa espiral descontrolada que condiciona definitivamente o seu futuro."

A Minha Opinião:

Quero começar por dizer que este foi o primeiro livro de Francisco Salgueiro que li e sem dúvida que me surpreendeu pela positiva.

A história é contada em primeira pessoa, Joana, uma rapariga que têm atualmente dezassete anos e que perdeu a sua virgindade com apenas doze. Está habituada a praticar relações sexuais desprotegida e a consumir drogas como a cocaína. Quando esta decide "assentar" começa a perceber que todas as suas ações tiveram consequências e que terá de aprender a lidar com elas.

Na minha opinião o mote principal deste livro poderá ser "Karma is a bitch" não só por ser mencionado ao longo do livro mas também porque percebemos que, à semelhança da Joana, tudo o que fizermos terá uma consequência, seja ela positiva ou negativa. 

Acho que a obra deveria ser lida por muitos pais pois esta é, sem dúvida alguma, a realidade vivida nos nossos dias apesar de não ser aplicada a todos os adolescentes, tal como o autor tenta mostrar através do Lourenço.

Recomendo a leitura a todos mas aviso que contém cenas e linguagem que podem perturbar os leitores mais sensíveis.

Sem dúvida que fiquei fã do autor e espero nos próximos tempos ler mais obras do autor.

Classificação do Livro: 8,5/10