#2 Cidades Mortas

Título: Cidades Mortas
Autor: Dêner B. Lopes
Nº de páginas: 204
Editora: Chiado Editora
PVP: 10€

Sinopse:

Cada uma das 10 Cidades da nação de Lisarb escolherá, por meio de voto dos habitantes, um casal de jovens entre 15 e 18 anos para o Festival das Cidades-Mortas.
Os 20 Eleitos serão encaminhados para a Cidade-Morta selecionada, onde serão confinados e terão que escapar dos soldados-robôs que irão se dispersar pelo local, com claras intenções de morte lenta.
Todos aqueles que conseguirem sobreviver até o final das duas semanas de confinamento, terão a honra de fazer dois pedidos, possíveis e aprovados pelo Presidente, é claro.
As seleções começarão no dia primeiro do último mês do ano e o Festival terá início no dia terceiro após os Eleitos serem anunciados.
O confinamento será acompanhado por toda Lisarb por meio da TV aberta durante todos os dias do Festival, ao fim das noites.
Aos Eleitos, com toda a verdade, desejamos sorte e, acima de tudo, coragem.
David Neil e Boris Alvimar (Diretor da Emissora RGS-14 e Presidente da República)

A minha opinião:

Esta é uma publicação da Chiado Editora que TU precisas de ler! Já imaginaram uma versão dos jogos da Fome no Brasil? Com robôs assassinos? Isto está tudo reunido neste fantástico livro. Já tive o prazer de falar com o escritor do livro acerca deste e devo dizer que o Dêner é uma simpatia de pessoa. Voltando ao livro... Tudo começa com o Arthur a sair do orfanato e ir para a praia que está dividida entre brancos e negros. Arthur sente-se frustrado pois acha que vai ser o grande escolhido da sua cidade para o Festival das Cidades-Mortas. Então depois de ajudar um servente de bar na praia este dá-lhe um cigarro de maconha (que é proibida em Lisarb). É apanhado pela polícia e na prisão, junto com William, planeiam um plano de fuga e acabam por ser colocados no Festival das Cidades-Mortas.
Este livro é um dos meus favoritos e acho mesmo que com uma boa divulgação ele pode vir a ser um best-seller.

- Classificação do livro - 8/10 (por causa do final! Quem ler vai perceber!!)

Sem comentários:

Enviar um comentário