quarta-feira, 27 de julho de 2016

#12 Grey

Título: Grey - As Cinquenta Sombras de Grey Narradas por Christian.
Autor: E L James
Editor: Lua de Papel
Nº de Páginas: 600
PVP: 18,80€

Sinopse: "Veja o mundo de As Cinquenta Sombras de Grey, como se fosse pela primeira vez, através dos olhos de Christian Grey.
E.L. James oferece-nos uma nova perspectiva da história de amor que enfeitiçou milhares de leitores em todo o mundo, agora narrada pelo próprio Christian, que nos dá a conhecer os seus pensamentos e sonhos.
Christian Grey quer exercer um controlo férreo sobre todas as coisas, o seu universo é meticuloso, disciplinado e profundamente vazio - até ao dia em que Anastasia Steele dá um trambolhão no seu escritório, numa confusão de pernas bem torneadas e revoltos cabelos castanhos. Ele bem tenta esquecer que a conheceu, mas em vez disso é invadido por um turbilhão de emoções que não consegue compreender… e ao qual é incapaz de resistir. Ao contrário de todas as mulheres que conheceu antes, a tímida Ana parece conseguir vê-lo como ele realmente é - um coração frio e ferido que a faceta de génio dos negócios e o estilo de playboy não conseguem esconder.
Será que possuir Ana será suficiente para que Christian se livre dos horrores de infância que ainda hoje o perseguem, noite após noite? Ou será que os seus negros desejos sexuais, a sua obsessão pelo controlo, e o ódio contra si mesmo que lhe preenchem a alma vão afastar Ana e destruir para sempre a frágil esperança que ela lhe oferece?"

A minha opinião:

Não é de agora que histórias sobre o ponto de vista masculino de uma história surgem nas nossas estantes. A verdade é que a história é a mesma, as personagens são as mesmas, o que acontece é o mesmo mas sobre um ponto de vista masculino. 
Com este livro descobrimos mais um pouco sobre Christian, alguns dos seus sonhos e a maneira como pensa, do género "Será que a Elena iria gostar?". 
Apesar de ter gostado muito do livro eu esperava mais de Christian Grey - da sua vida antes de conhecer a Anastasia, mais da sua infância, mais da sua relação com a sua mãe biológica e principalmente da sua luta para se enquadrar na sociedade. Apesar de não ter muito destes temas o livro é muito bom de se ler, é interessante e é um complemento à trilogia.
O livro começa no mesmo ponto que o outro, na entrevista da jovem universitária Anastasia Steele e o desenrolar da história é o mesmo. O primeiro livro da trilogia acaba com a saída de Anastasia enquanto este (a minha parte favorita) mostra como Christian sofreu com a saída de Anastasia da sua vida e como vai fazer para a reconquistar.

Classificação do livro: 8/10

Sem comentários:

Enviar um comentário